Skip to content

86 | nfl volta a los angeles

Março 1, 2011

O L.A. Live Complex, de propriedade da AEG, que conta com diversas opções de entretenimento, entre elas o Staple Center e o Nokia Theater, ganhará mais um venue, desta vez um estádio que levará a NFL de volta a Los Angeles, que não conta com um time desde 1994, quando o Raiders voltaram para Oakland.

A NFL tem desde 1973 uma cláusula de blackout que não permite que um jogo seja transmitido para a praça onde é realizado caso seus ingressos não estejam esgotados até 72 horas antes do início da partida. Como os Raiders mandavam seus jogos no gigantesco Los Angeles Memorial Coliseum, que tem capacidade para mais de 90 mil pessoas, o estádio quase nunca estava lotado, o que fez com que a franquia voltasse para sua terra natal.

Bem menor, o Farmers Field terá capacidade para até 68 mil espectadores, com possibilidade de mais dez mil assentos provisórios, já nasce com o naming rights da seguradora natural de Los Angeles, o que já se traduz em uma boa estratégia de divulgação para a marca que é reconhecida como incentivadora de ações que beneficiem o esporte e a comunidade local.

Muito mais do que uma ação de goodwill para a cidade, o retorno do esporte de maior audiência televisiva à cidade com o segundo maior produto interno bruto e o maior centro de entretenimento dos Estados Unidos é um grande negócio, que movimentará centenas de milhões de dólares para a AEG, a começar pelo contrato de naming rights avaliado em US$ 700 milhões por 30 anos, o maior do gênero no mundo.

O novo estádio será construído onde hoje se localizada a ala oeste do Centro de Convenções de Los Angeles, administrado pela prefeitura, o que implicará em benfeitorias por parte a AEG, que já se encarregou de construir um novo centro de convenções nas dependências Farmers Field, além de aumentar o tamanho da ala sul do pavilhão de convenções. Estás mudanças estruturais por si só já representam grande potencial para o novo centro, que terá capacidade para abrigar todas as 50 maiores feiras realizadas naquele país.

Mesmo depois todos estes recursos, a AEG ainda não possui um time de futebol para mandar seus jogos na nova venue, embora o CEO da empresa afirme que terá “no mínimo um time da NFL” defendendo Los Angeles na temporada 2015, data prevista para a inauguração do estádio.

É interessante notar que mesmo patinando para sair da grave crise econômica os investimentos americanos em novas venues não param de crescer. Já vimos o New Meadowlands Stadium, o Barclays Center, Cowboys Stadium inaugurado em 2009, e agora o Farmers Field, que só precisa de um time para ser ocupado.

No comments yet

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: